[Resenha]: O quarto do conto - Renata Dias



Lara é uma profissional brilhante, determinada e extremamente criativa. Quando era mais jovem, curtia a vida sem se dar limites, até que o fim de uma relação abalou sua autoestima e fez com que se fechasse emocionalmente, ocultando suas fantasias e impossibilitando-a de se entregar mais uma vez ao amor.O que ela não esperava é que, mesmo com as barreiras que se impôs, pudesse ser arrebatada por esse sentimento proibido.Tomada por um turbilhão de sentimentos, Lara precisa aprender a enxergar o seu valor como mulher para retomar as rédeas do seu destino, transformando seus anseios confidenciados em contos num romance tórrido e arrebatador.
O quarto do conto é o segundo livro da provocante trilogia “Entre quatro paredes”. Com um estilo ágil e cenas detalhadamente explícitas, é recheado de devaneios que, muitas vezes, permeiam o imaginário feminino.

O segundo livro da trilogia de Renata Dias é tão envolvente quanto o primeiro, prende o leitor do começo ao fim fazendo-os sentir parte da história. Se você ainda não leu nenhum livro da série, está esperando o que menina?? E não se preocupe, cada livro conta uma história diferente, mas todas ligadas fazendo-se entender individualmente sem nenhum problema.

Lara é uma mulher juvem bem sucedida, mas infeliz no amor por conta de uma grande desilusão que sofreu há três anos. Porém, tudo muda quando ela conhece Vicenzo, um italiano lindo, charmoso e cheio de encantos e que ainda por cima é seu vizinho.


Ela se vê bastante balançada por ele, mas de imediato não dá muita voz a esse sentimento. É aí que ela conhece Dionísio, um gato tatuado que lhe atrai a primeira vista, mas nada comparado ao que o italiano Vince chega a causar nela. No entanto, Lara acaba tendo um pequeno rolo com Dionísio, o que deixa Vincenzo furioso, demonstrando o que sente algo mais pela moça. 



A relação que acaba se construindo entre ambos é de puro fogo, daqueles que pode aquecer ou queimar quem está por perto. Chega um momento em que eles não conseguem mais esconder o que sentem um pelo outro e se entregam efetivamente a paixão.

Lara de mulher desamparada e infeliz, acaba por se tornar muito mais forte e confiante. E o Vince pode até parecer meio grudento demais as vezes, mas ele é um verdadeiro cavalheiro. O amadurecimento dos personagens é bem evidente e a cumplicidade que se observa entre os dois é  maravilhosa. Para quem gosta de romances adultos como eu, vai se apaixonar pela história.

Já estou ansiosa pelo terceiro livro!!!!!
 
© Copyright - Mariely Abreu - Design e Codificação - Todos os direitos reservados Voltar ao Topo!