[resenha] : Eu estive aqui - Gayle Forman

Quando sua melhor amiga, Meg, toma um frasco de veneno sozinha num quarto de motel, Cody fica chocada e arrasada. Ela e Meg compartilhavam tudo... Como podia não ter previsto aquilo, como não percebera nenhum sinal?A pedido dos pais de Meg, Cody viaja a Tacoma, onde a amiga fazia faculdade, para reunir seus pertences. Lá, acaba descobrindo muitas coisas que Meg não havia lhe contado. Conhece seus colegas de quarto, o tipo de pessoa com quem Cody nunca teria esbarrado em sua cidadezinha no fim do mundo. E conhece Ben McCallister, o guitarrista zombeteiro que se envolveu com Meg e tem os próprios segredos.Porém, sua maior descoberta ocorre quando recebe dos pais de Meg o notebook da melhor amiga. Vasculhando o computador, Cody dá de cara com um arquivo criptografado, impossível de abrir. Até que um colega nerd consegue desbloqueá-lo... e de repente tudo o que ela pensou que sabia sobre a morte de Meg é posto em dúvida.Eu estive aqui é Gayle Forman em sua melhor forma, uma história tensa, comovente e redentora que mostra que é possível seguir em frente mesmo diante de uma perda indescritível.


           Como sempre a Gayle me surpreendendo com seus livros e com  "Eu estive aqui" não foi diferente! Com uma narrativa super rápida e digamos... emocionada, pelo menos eu achei a narrativa emotiva e daquelas que faz você ficar refletindo sobre a vida. Eu amei e leria de novo muitas e muitas vezes. O livro fala sobre o suicídio da melhor amiga de Cody, Meg, cuja ninguém nunca imaginou que ela passaa por sérios problemas interiores. Cody tenta conviver e entender porque Meg se matou e chega até a se sentir culpada pela morte da amiga por ter se afastado dela com sua ida a faculdade.


             Cody ganha dos pais de Meg o computador que ela tinha e ela começa a vasculhar indícios do porque da amiga ter se suicidado, e é como diz aquele ditado "quem procura acha". Cody achou vários emails que Meg enviava para um músico que ela gostava e também encontra alguns arquivos encriptados que não consegue abrir.
              Cody descobre que o músico era Ben, amigo de Meg, eles acabaram se envolvendo um dia e Meg se viu gostando dele, a amizade dos dois ficou conturbada e eles se afastaram. Cody passa a acreditar que Ben foi um dos culpados pela morte de Meg, mas com o tempo eles até acabam se tornando amigos e algo mais.


Quando Cody descobre o que estava por trás dos arquivos encriptados ela toma a decisão de ir por sí só tentar entender o porque de tudo. Oque será que ela vai encontrar? Só lendo para descobrir!
© Seu Blog Aqui - 2017 | Todos os direitos reservados.
Desenvolvimento por: Renata Massa | Tecnologia do Blogger.
imagem-logo