[Resenha]: After - Anna Todd

Depois de bater a marca de um bilhão de acessos na plataforma de leitura Wattpad, a série After vira livro e promete ser o novo fenômeno editorial. No primeiro livro, Tessa é uma garota de 18 anos que acaba de deixar a casa de sua mãe para ir morar no campus da faculdade. Estudiosa, responsável e recatada, ela não quer saber de festas e nem de paixões. No primeiro dia na faculdade, Tessa conhece Hardin, um jovem rude, lindo e todo tatuado que implica com seu jeito de garota certinha. Os dois se detestam, mas ao mesmo tempo não conseguem ficar longe um do outro. Logo, começam um relacionamento intenso e turbulento. Consumida por uma paixão que ela imaginava não ser possível, Tessa vê sua sexualidade aflorar. Mas por trás do chame irresistível de badboy, Hardin carrega fantasmas de seu passado, que podem colocar tudo a perder. Depois de Hardin, Tessa nunca mais será a mesma.


Finalmente terminei de ler After gente, ô livrinho que eu demorei para ler viu? Além dele ser super extenso a história não me agradou nem um pouco, o que dificultou bastante a leitura. Sei que muita gente gosta dessa série e respeito muito, cada qual com seu gosto literário. Mas gente eu ODIEI!!!!! Não pela linguagem da autora ou pela extensão do livro e sim pela história em sí e pelos personagens doentios, sim você leu certo !


Tessa é uma garota de 18 anos que acaba de passar para a faculdade de letras e se prepara para ir morar no campus da faculdade, seu primeiro desafio é ficar longe da mãe e do namorado, um ano mais novo que ela. Logo que chega ao dormitório Tessa se depara com pessoas extremamente diferentes dela no estilo e que a assustam primeiramente, dentre elas um  garoto tatuado, metido a bad boy chamado Hardin. Apesar das diferenças a garota começa a desencadear uma amizade com sua colega de quarto, que logo na primeira semana de convivência a leva para uma festa de irmandade onde Tessa se depara com coisas que a deixam fora de sua zona de conforto, como jovens bebâdos e que só ligam para sexo. 

A relação entre Hardin e Tessa começa com implicâncias de um para com o outro. O garoto sempre armando um jeito de machucá-la, e essa dor só aumenta quando Tessa percebe que por traz de tal ódio pode existir uma paixão desmedida entre os dois, mas ambos não conseguem lidar com tal fato. Até que os dois se rendem aos rumos das paixões e se envolvem profundamente, uma relação conturbada e muito intensa. O que Tessa nunca imaginava seria o quão grave eram as coisas que Hardin escondia dela. Uma coisa posso afirmar, não vem coisa boa por ai!


No meu ponto de vista crítico o livro tem uma boa linguagem, no entanto os personagens me deixaram possessa!!!! Hardin é um bad boy que ama tratar mal a garota, ciumento e extremamente possessivo, muitas vezes demonstrando um comportamento de fato doentio. Já Tessa é uma garota sem atitude nenhuma, faz tudo o que Hardin quer, não consegue ter forças para lutar contra seus sentimentos, mesmo quando o garoto a machuca e pisoteia ela vai correndo atrás como se fosse um verdadeiro cachorrinho, procurando razão para as coisas erradas que ele fez. Aaaah velho!!! Me poupeee! Esses dois personagens mereciam umas 100 sessões de terapia, isso sim, pois um é mais doentio do que o outro. Se você acha que isso entre eles é amor, é melhor rever seus conceitos!

Me desculpe quem gosta deste livro, fui realmente frustrada quando li, não esperava que me causasse tanta repulsão. Sério. Essa resenha foi mais um desabafo! ahahah  Quem ficou curioso e quer ler o livro, fique a vontade, pode ser que tenhamos perspectivas diferentes!

Beijos :*

[Série]: Stranger Things 2



E como todo o mundo está falando sobre a segunda e mais esperada temporada da série Stranger Things, eu não poderia deixar de falar né, afinal eu amooooo a série. Assisti tudo em dois dias e posso dizer que na minha humilde opinião essa temporada foi muito melhor do que a primeira.

A começar a gente já fica se perguntando: "Onde está Eleven??? ".Não sei se vocês recordam, mas o final da peimeira temporada foi a marcante luta entre a garotinha e o nosso vilão Demogorgon e sei que você também ficou com a pulga atrás da orelha e até levou um sustinho quando a Eleven desapareceu. Bom, nessa temporada você finalmente vai saber tudo o que aconteceu depois daquela luta lendária e quem a ajudou a sobreviver. (não vou falar demais, prometo!)

Eleven estará mais forte e aquela figura de menina inocente vai ficando para trás a medida em que a adolescência avança e com ela a vontade de saber mais sobre suas origens. E posso adiantar que a garota é determinada e acaba descobrindo muito coisa que a gente nem imaginava que existia.Com relação aos outros personagens muitas mudanças acontecem, principalmente com Mike, que não é o mesmo desde a partida de Eleven, este ainda sente muita falta da amiga e todos os dias tenta achar um sinal de que a garota está viva. A história ainda conta com novos personagens que prometem dar o que falar!

No entanto toda a trama gira em torno de Will, que ainda tem conexão com o mundo invertido e isso o faz ter crises de pânico constantemente. Até que em uma dessas crises seu corpo é possuído por um monstro da outra dimensão e coisas horríveis passam a acontecer. Seus amigos no entanto fazem de tudo para salvá-lo.


Sem mais, isso é tudo! Não vou falar mais nada para não dar SPOILER. Então se você ficou curioso, corre na Netflix e assiste, são apenas 9 episódios. Quando você menos espera já acabou toda a temporada e fica desejando ansiosamente a próxima, assim como eu estou!

Beijos!

[Resenha]: Meu amor, meu bem, meu querido - Deb Calleti

É verão no nordeste da cidade de Nine Mile Falls e Ruby McQueen, de 16 anos, comumente conhecida como A Garota Calada, está saindo com o maravilhoso, rico e louco por emoções Travis Becker. No entanto, Ruby está num beco sem saída e percebe que se arrisca cada vez mais quando está com Travis.Em um esforço para manter Ruby ocupada, sua mãe, Ann, a arrasta para o clube de leitura semanal que ela comanda. Quando descobrem que uma das criadoras do clube é a protagonista de uma trágica história de amor que estão lendo, Ann e Ruby planejam um encontro dos amantes de longa data. Contudo, para Ruby essa missão acaba sendo muito mais do que apenas uma viagem...

Ruby é uma adolescente calma, calada e que nunca gostou muito de extravagâncias. Vive com a mãe e o seu irmão mais novo e ainda tem que lidar ocasionalmente com os súbitos aparecimentos do pai que acabam sempre não terminando bem. Até que a garota conhece Travis, um bad boy do seu bairro que gosta de viver a vida perigosamente , ele se interessa de Ruby e ela também fica balançada pelo garoto problema.

Os dois começam a se envolver, mas desde que conheceu Travis, Ruby percebe que sua vida virou de cabeça para baixo, sempre que está com ele a garota acaba se metendo em alguma coisa errada. Por um lado ela não gosta nada dessa situação e do que está se tornando por estar convivendo com Travis, mas por outro ela não consegue se desligar dele tão fácil já que está apaixonada.

A mãe percebe o problema em que a filha se meteu e se dispõe a ajudá-la a se distanciar do garoto problema, Ruby aceita a ajuda da mãe que a leva para seu grupo de leitura. A princípio, a menina não gosta nada da ideia, pois todos os componentes do clube de leitura são idosos e ela não entende como isso pode ajudá-la de alguma forma. Mas logo ela acaba se descobrindo no mundo dos livros e além de arrumar uma forma para se ajudar, ela consegue uma maneira de ajudar também a mãe que passa pela difícil situação da separação.

Bom, como estou aqui para falar sempre a verdade para vocês sobre os livros, esse não foi dos melhores que eu li. Confesso para vocês que o livro não me prendeu muito, tanto é que demorei bastante para lê-lo, não é uma leitura fluida, me esforcei para conseguir terminar e até gostei do final. Não conhecia a escrita da autora, e este foi o único livro que li dela até agora. Aconselho a quem quiser começar a ler algo dela, que não comece por esse livro, pois por ter uma narrativa bem arrastada pode te dar uma baita ressaca literária!

[Parceria]: Mariana Balbino



Oi meus leitores, tudo bem com vocês?

Hoje venho aqui apresentar mais uma super parceria, desta vez com a autora Mariana Balbino, de apenas 24 anos , lançou seu primeiro livro "Existe amor no carnaval", publicado pela editora Multifico. 

E olha, o livro já está dando o que falar, sendo considerado um dos mais vendidos pela editora. Logo, logo traremos uma super entrevista com a Mari, minha xará, para que vocês possam conhecer um pouco mais sobre a vida dessa jovem escritora.


SINOPSE:

Pedi minha cerveja e fingi que ele não existia. Eu não era muito boa no jogo de ignorar, sou ariana, meu anjo, se não for pra resolver no grito, é melhor terminar!Honestamente, eu estava maravilhosa, não sabia o que tinha na água de Toronto que fazia o meu cabelo ficar incrível. O vestido azul caía perfeitamente em meu corpo, a trança cruzava meus cabelos caindo por cima dos cachos soltos. Eu usava um batom rosa e meus cílios estavam tão volumosos que colocavam qualquer participante do RuPaul’s Drag Race no chinelo.Quantas vezes você já se apaixonou? Quantas vezes você acreditou que aquele cara era o certo? E se a vida fosse justa? Arianos teriam o direito de amar?As pessoas falam que nós somos intensos, impulsivos e, às vezes, irritantes. Mas eu me acho muito controlada, embora eu queira bater em algumas pessoas (tudo bem, muitas pessoas).O problema é que todo mundo me tira do sério, eu gosto de fazer as coisas do meu jeito porque do meu jeito é o certo.

Gostou da proposta do livro?    COMPRE AQUI!

[Resenha]: À procura de Audrey - Sophie Kinsella

Audrey é uma adolescente comum, igualzinha a tantas. Com 14 anos, estuda, se apaixona, entra em conflito com os pais, sonha, confia nas amigas. Até que começa a ser vítima de bullying. No início, parecia apenas uma pequena implicância, mas a provocação vai aumentando. Logo, a menina não consegue mais frequentar o colégio, nem ao menos sair de casa. O diagnóstico? Transtorno de ansiedade social, transtorno de ansiedade generalizada e episódios depressivos. Com a ajuda da Dra. Sarah, Audrey começa um lento, mas decisivo, caminho rumo à recuperação. E quando conhece Linus, parceiro de games do irmão, ela sente uma ligação. Seu sorriso de gominho de laranja é encorajador, e eles podem conversar sobre tudo: ansiedades, sonhos, medos. Ainda que de forma não muito convencional no início. Mesmo com as ressalvas da médica, a amizade se aprofunda — em meio a visitas ao Starbucks e pequenos desafios. Em pouco tempo, evolui para um romance que vai afetar toda a família. Por fim a normalidade parece apenas a um passo de distância. À procura de Audrey é um romance inspirador sobre família, primeiro amor e depressão.

Oi gente, tudo bem com vocês?? Comigo está tudo ótimo, e está melhor ainda porque venho compartilhar uma leitura maravilhosa que fiz. Um dos meus maiores sonhos era ler Sophie Kinsella desde que assisti ao filme 'Os delírios de Becky Bloom'. E não sei se vocês estão sabendo (que lá pelo nosso instagram eu contei) que agora eu amo ler ebooks, antes tinha o maior preconceito e preferia livros físicos , tinha a impressão de que livros digitais iriam me deixar com preguiça de ler . E com a insistência da minha migles Mille eu entrei nessa vibe de ebooks e percebi que estava super enganada. Foi através dele que eu tive a oportunidade de ler algo da Sophie Kinsella e olha!!!!! Eu não me decepcionei.

À procura de Audrey é um livro maravilhoso, envolvente e traz uma temática bem atual e presente na nossa sociedade que é o bullying. A história da adolescente de 14 anos nos faz raciocinar e perceber o quão grave esse problema pode ser e a quais extremos ele pode levar.

A vida de Audrey tem uma drástica mudança quando a menina começa a sofrer insensantemente bullying e não consegue mais frequentar a escola, ficando realmente doente psicologicamente com vários transtornos, não conseguindo conversar com outras pessoas que não sejam da família, não consegue encará-las e vive constantemente com um óculos escuro. Audrey tenta superar tudo o que sofreu dia após dia e o que mais deseja é volta a ter uma vida normal, para isso conta com a ajuda de sua psicóloga.


Tudo muda ao conhecer Linus, o melhor amigo de seu irmão, o garoto fica curioso ao ver Audrey de óculos escuro e decide falar com ela, a partir daí acaba surgindo um primeiro amor adolescente e que além de aquecer o coração, vai ajudar Audrey a passar por cima de todos os seus obstáculos internos e externos.

É uma leitura que recomendo muito, quem me conhece sabe como eu amo livros do gênero jovem adulto que trazem uma dose de drama e tratam de assuntos da contemporaneidade, mas ao mesmo tempo com uma dose de humor e superação.

Beijos:*

[Resenha]: Um caso perdido - Collen Hoover

Às vezes, descobrir a verdade pode te deixar com menos esperança do que acreditar em mentiras... Em seu último ano de escola, Sky conhece Dean Holder, um rapaz com uma reputação capaz de rivalizar com a dela. Em um único encontro, ele conseguiu amedrontá-la e cativá-la. E algo nele faz com que memórias de seu passado conturbado comecem a voltar, mesmo depois de todo o trabalho que teve para enterrá-las. Mas o misterioso Holder também tem sua parcela de segredos e quando eles são revelados, a vida de Sky muda drasticamente.



Saber que a Colleen Hoover é maravilhosa em seus livros, eu tenho certeza que todo mundo sabe. Mas em Um caso perdido ela realmente extrapolou tanto que esse livro se tornou um dos melhores (se não o melhor) que li durante esse ano de 2017. Com um misto de romance, drama e muita superação, o livro promete nos emocionar bastante com a história de Sky e também nos fazer suspirar com seu romance com o gatíssimo do Holder. O livro é um pouquinho extenso sim, mas a história te envolve tanto que quando você percebe, já terminou!

Sky é uma adolescente que mora junto com a mãe, não frequenta a escola e vive uma vida restrita de meios sociais. Por nunca ter entendido o porque da mãe nunca ter lhe dado um celular ou sempre ter a ter mantido em casa com professores particulares, Sky se esforça para lutar contra essas regras e acaba convencendo a mãe que a matricula na mesma escola que sua melhor amiga Six. O que a garota não imaginava era que naquele ano Six viajaria durante algum tempo para a Europa para um tão sonhado intercâmbio.


Mesmo com muito medo de encarar a vida social na escola e ainda mais sem a experiência e apoio de sua melhor amiga, Sky consegue reunir toda a sua coragem para o primeiro dia de aula. Perseguida
por suas colegas que faziam questão de demonstrar a todo instante o quanto ela não era bem-vinda naquele lugar, ela não faz nada mais que demonstrar calma e frieza. É assim que ela conquista uma amizade verdadeira e as coisas parecem começar a melhorar. E em meio a toda essa situação a garota conhece Holder e logo de cara acaba sentindo algo de diferente dentro dela. 

Holder um garoto a princípio estranho para Sky, acaba se tornando um amigo e um grande amor, no entanto a história não gira apenas em torno do romance entre os dois, traz também um drama na vida de Sky inimaginável para o leitor. O momento em que uma enxurrada de informações cai em cima da garota e a mostra que tudo que ela pensava ser, não era, é um momento marcante e nos faz torcer para sua superação.

Hoover sempre escreve as coisas certas e dessa vez não foi diferente. Leitura super indicada!

Lançamento : Ponto Sem Retorno - Gabriela Simões



Giselle Levy é uma meia-bruxa que vive isolada do mundo com o seu avô, escondida do olhar do rei. Cuidadosa e astuta, contudo, ainda assim, numa tentativa de sobreviver, foi apanhada e chantageada por um dos príncipes de Kendrad, Cristian, que promete não a entregar, se esta for trabalhar para o palácio. Num dilema, ela coloca em perigo a sua identidade e passa a trabalhar no palácio, onde terá de lidar com as constantes tentativas de sedução do príncipe Cristian, os misteriosos olhares de príncipe Eli, os encontros escondidos com o seu melhor e único amigo Rylan, e um rei desumano com segredos obscuros. Giselle vive numa constante incerteza e angústia de ser descoberta, amargurada pelo facto de não poder ser livre, encontra uma misteriosa sala, com um poderoso encantamento que poderá mudar tudo. Assertiva, inteligente e defensiva, irá deparar-se com uma escolha que mudará a sua vida e ideia de si própria, para sempre.


Para quem ama fantasia esse lançamento do primeiro livro da Gabi é ideal e faz até o coração acelerar de ansiedade para ler logo!Logo vai ter resenha aqui no blog pra vocês.

 Não conhece a autora?? Pois confere aqui:



Gabriela Gomes Simões nasceu na cidade da Amadora em 1998. Terminou o ano passado o Ensino Secundário no curso de Ciências e Tecnologias, neste momento encontra-se a tirar uma licenciatura em Gestão Hoteleira na Escola Superior de Hotelaria e Turismo do Estoril. Tem como sonho dar a conhecer a sua escrita.A paixão pela escrita começou muito nova, com apenas oito anos escrevia pequenos poemas e histórias, tendo concluído o seu primeiro manuscrito com catorze anos de idade. Nos últimos quatro anos dedicou-se ao seu aperfeiçoamento, no seu conteúdo e forma, acabando por crescer com ele, dando-lhe o título de Giselle – Ponto Sem Retorno, sendo este o seu primeiro livro.


© Seu Blog Aqui - 2017 | Todos os direitos reservados.
Desenvolvimento por: Renata Massa | Tecnologia do Blogger.
imagem-logo